Ícone do site Fikbella

Cabelo Oleoso: Passo a passo de como cuidar

FK - Cabelo oleoso capa

FK - Cabelo oleoso capa

Lavar o cabelo nem sempre pode trazer a sensação de limpeza se você tem oleosidade no couro cabeludo. Saiba como cuidar do cabelo oleoso!

A oleosidade no couro cabeludo é um dos problemas que mais afetam a saúde dos fios, pois ela está diretamente ligada à produção das caspas, coceira e, principalmente, ao aspecto “sujo” dos cabelos.

Além dos fatores genética e estresse, existem alguns hábitos que contribuem para o acúmulo de sebo no couro. Identificá-los é o primeiro passo para saber como cuidar do cabelo oleoso.

Mas, afinal, como cuidar do cabelo oleoso?

Confira o passo a passo para conter a oleosidade em seu cabelo!

Tenha uma alimentação equilibrada

Muitas vezes, a produção da oleosidade está relacionada aos alimentos que ingerimos. Uma alimentação regrada a frituras, açucares, gorduras e industrializados alteram o funcionamento natural do nosso organismo, desequilibrando a atividade dos folículos capilares.

Por isso, aposte em alimentos ricos em:

Evite o uso de produtos incorretos

O tratamento para cabelos oleosos exige alguns cuidados importantes, como a utilização de produtos específicos. Ou seja, realizar a higienização correta, com produtos próprios cabelo oleoso, é uma das medidas mais eficazes para um tratamento duradouro.

Não durma com o cabelo molhado

Dormir com os cabelos molhados facilita a proliferação de bactérias, portanto, o aumento da produção sebácea no couro cabeludo. Por isso, evite lavar o cabelo à noite, dando sempre preferência à lavagem em períodos diurnos.

Utilize menos creme sem enxágue na raiz

Evite o uso de géis, mousses, cremes para pentear, ativadores de cachos, dentre outros, próximo à raiz do cabelo!

Tais produtos entopem os poros, promovendo o acúmulo de sebo no couro cabeludo.

Lave o cabelo em água fria

A temperatura da água é uma importante aliada no cuidado do cabelo oleoso, pois em graus elevados a cutícula do fio é aberta, ressecando-o. Assim, o organismo entende que é preciso aumentar a produção sebácea das glândulas, e, consequentemente, a oleosidade. Esse é o famoso efeito rebote.

Lave o cabelo em dias alternados

Saber como cuidar do cabelo oleoso exige rotina!

Lavar o cabelo em dias alternados, respeitando a rotina, é outra forma eficaz no combate à oleosidade. Isto porque uma higienização constante, não exagerada, equilibra a produção de sebo.

Para começar a cuidar do cabelo oleoso, utilize:

Para uma higienização correta, siga os passos:

Observação: se optar pelo uso de uma máscara de tratamento, utilize-a depois da aplicação do shampoo. Em seguida enxágue muito bem, para não ter resíduos no cabelo para a aplicação do condicionador.

Evite usar secador muito próxima à raiz

Como dissemos, a temperatura pode ser um dos principais agentes ao cuidar do cabelo oleoso, por isso evite jatos quentes diretamente no couro cabeludo!

Eles auxiliam na abertura das cutículas capilares, desprotegendo os fios.

Aposte em tratamentos de longa duração

Para escapar da temida oleosidade, muitas pessoas recorrem a alguns tratamentos que prometem acabar, de uma vez por todas, com o entupimento dos poros.

Mas não se engane! Conter a produção de sebo no couro cabeludo é um tratamento constante que exige rotina e produtos específicos.

Conheça o Detox Capilar, um tratamento específico, e saiba como cuidar do cabelo oleoso:

Detox Capila

O Detox Capilar é um procedimento indicado para cabelos oleosos, pois sua função principal é desobstruir os folículos capilares, eliminando profundamente sujeiras e impurezas.

Quando fazer?

Por ser indicado para cabelos oleosos, cabelos secos e danificados quimicamente, o momento ideal para se realizar um Detox Capilar é quando sentir que os fios estão quebradiços e/ou fragilizados.

Como fazer?

Benefícios

Procure um dermatologista

Se os problemas com a oleosidade persistirem mesmo após todos os cuidados citados, procure um dermatologista e saiba como cuidar do cabelo oleoso.

Você também poderá recorrer ao cabeleireiro se pensar ser só um problema de auto cuidado, e não nutricional/genético.

O que achou do nosso conteúdo sobre Como cuidar do cabelo oleoso?

Não perca mais de nossas dicas nas redes sociais do Instagram, Facebook e Twitter.

Obrigada!

Sair da versão mobile